Dor de cabeça na gravidez – O que tomar e o Que fazer. É normal?



Quase todas as mulheres têm dores de cabeça ocasionais, mas tê-las na gravidez não é fácil. Controlar a dor de cabeça na gravidez é especialmente complicado no primeiro trimestre, quando você deve evitar muitos remédios. A dor de cabeça é um desconforto muito comum durante a gestação e pode ocorrer a qualquer momento e tende a ser mais comum durante o primeiro e terceiro trimestres.

Os tipos mais comuns são dores de cabeça tensionais e se você é normalmente suscetível a elas, a gestação pode agravar isso. As dores de cabeça de tensão podem parecer uma dor de aperto ou uma dor incômoda constante em ambos os lados da cabeça ou na parte de trás do pescoço.

A tensão no pescoço e ombros pode levar a espasmos musculares, que podem irritar os nervos na parte de trás da cabeça. Ou você pode desenvolver contrações musculares e espasmos ao dormir com a cabeça em uma posição não natural.

As enxaquecas são outro tipo comum de dor de cabeça na gravidez. Essas dores de cabeça latejantes e dolorosas geralmente são sentidas em um lado da cabeça e resultam da expansão dos vasos sanguíneos no cérebro. Às vezes acompanhadas de náusea, vômito e sensibilidade à luz e ao ruído.

Uma pequena porcentagem de mulheres com enxaqueca veem flashes de luz ou sentem formigamento em seus braços e pernas. As mulheres que têm cefaleias regulares podem continuar tendo, aumentar ou diminuí-las durante a gestação.

É importante conversar com seu médico sobre quaisquer medicamentos que esteja tomando para dores de cabeça.

Fatos sobre a dor na gravidez:
  • A grande maioria das dores de cabeça na gravidez é “primária” – o que significa que a cabeça dói, mas não há nada sério ou qualquer coisa com que se preocupar.
  • Em casos raros, as chamadas “dores de cabeça secundárias” são um sinal de outra coisa acontecendo em seu corpo, como hipertensão ou fatores de risco para pré-eclâmpsia.

Se sua dor de cabeça é de tensão ou é uma enxaqueca, há algumas coisas que você deve saber:

O que causa as dores de cabeça na gravidez?

A causa exata de uma dor de cabeça nem sempre é clara. Durante o primeiro trimestre, seu corpo libera uma onda de hormônios e produz um aumento no volume sanguíneo. Por exemplo, uma onda de progesterona no corpo, especialmente no primeiro trimestre, pode fazer com que os vasos sanguíneos da cabeça e útero relaxem.

Então, quando o sangue corre para preencher esse espaço, pode causar uma dor de cabeça aguda. Essas duas alterações podem causar dores de cabeça mais frequentes que podem ser mais agravadas pelo estresse, ansiedade, fadiga ocular (devido à iluminação fraca ou sentada muito tempo no computador), cansaço, má postura ou alterações na sua visão.

Dores de cabeça sinusais podem ser ​​por causa da congestão nasal e coriza que são comuns no início da gravidez. E várias coisas podem desencadear enxaquecas, incluindo mudanças climáticas, ciclos menstruais e certos alimentos.

Já as dores de cabeça durante o terceiro trimestre tendem a estar relacionadas com mais frequência à má postura e tensão em carregar peso extra. Também podem ser causadas ​​por uma condição chamada pré-eclâmpsia, que é a pressão alta durante a gravidez e precisa de cuidados médicos.

Quais são as outras causas da dor de cabeça na gravidez? 

  • Insônia
  • Hipoglicemia – baixo açúcar no sangue
  • Desidratação – por conta das náuseas e vômitos no início da gravidez – sinais de desidratação incluem urina amarela escura ou sensação de tontura, por isso, beba grandes quantidades de água
  • Retirada de café e refrigerantes – abstinência de cafeína provoca a dor de cabeça
  • Alergias
  • Um resfriado ou gripe.

Tratamento para as dores de cabeça na gravidez?

Preste atenção: Medicamentos para alívio da dor, como Aspirina e Ibuprofeno, não são recomendados na maioria das gestações; no entanto, Paracetamol pode ser recomendado pelo seu médico.

O Ibuprofeno não deve ser utilizado durante a gravidez, a menos que o seu médico tenha aconselhado. Isto é particularmente importante no primeiro e terceiro trimestres, uma vez que o Ibuprofeno pode aumentar o risco de aborto espontâneo e atrasar o trabalho de parto.

A Aspirina não deve ser tomada durante a gravidez a menos que seja especificamente recomendado pelo seu médico. A Aspirina e outros medicamentos anti-inflamatórios podem às vezes ser recomendados para certas complicações da gravidez, mas no caso de dores de cabeça não é aconselhável.

Nunca tome qualquer medicação para a dor – sem receita ou não – sem falar com seu médico primeiro.

Quando ir ao médico?
  • Antes de tomar qualquer medicação
  • Suas dores de cabeça pioram ou persistirem por mais de quatro horas
  • Suas dores de cabeça são acompanhadas por visão embaçada, ganho de peso repentino, dor no abdome superior direito e inchaço nas mãos e face.

A melhor maneira de lidar com as dores de cabeça é evitá-las completamente, seguindo os passos a seguir:

1) Mantenha uma boa postura

Pratique a boa postura (especialmente durante o terceiro trimestre, para evitar tensão muscular) e tente não se abaixar ou se curvar por longos períodos de tempo. Você também deve verificar se os seus travesseiros não são muito altos, pois isso pode causar uma torção no pescoço. Além disso, se o seu colchão tiver mais de sete anos, pode estar afetando e causando tensão na parte inferior das costas. A dor será então transferida para o pescoço e, eventualmente, para a cabeça, causando algum desconforto extremo. E certifique-se de que a posição da cadeira, da tela do computador ou do assento do carro incentive a boa postura.

2) Faça exercícios

Isso pode soar como a última coisa que você quer fazer quando está com dor de cabeça, mas se você já tentou outros remédios, um aumento de endorfinas como a dopamina e a serotonina, que podem combater os efeitos das dores de cabeça, pode ser a coisa certa para curar sua cefaleia. Mesmo exercícios leves como uma caminhada ou natação podem ajudar a liberar endorfinas, que inibem a dor e elevam seu humor.

3) Evite cigarros

Fumar nunca é uma boa ideia na gravidez. Você também deve evitar o fumo passivo.

4) Mantenha uma  alimentação saudável

Coma bem e beba muitos líquidos, especialmente se você estiver propensa a enjoos matinais. O baixo nível de açúcar no sangue que resulta de pular refeições pode desencadear uma dor de cabeça. Guarde um saco de biscoitos integrais ou uma fruta em sua bolsa, escrivaninha ou porta-luvas (ou todos os três) para que você sempre tenha um lanche saudável ao alcance do braço.


Outra opção é tomar o leite morno com mel e beber chás de ervas. Para sentir-se melhor durante a gravidez e manter o sistema imunológico forte, tente comer o mais saudável possível. Certifique-se de comer alimentos frescos, eliminando alimentos processados ​​quando puder. Por exemplo, tenha uma variedade de vegetais frescos de todos os tipos e cores para garantir que você esteja obtendo um equilíbrio saudável de nutrientes. E beba pelo menos 2 litros ou mais por dia, em temperatura ambiente. A água fria pode potencialmente agravar ainda mais uma dor de cabeça.

5) Fique longe de estresse e ansiedade

Reduza seu nível de estresse e ansiedade por tentar tratamentos médicos alternativos, incluindo acupressão (na acupressão, existem certos pontos de pressão no corpo que podem ser estimulados para produzir alívio da dor de cabeça). Embora o uso da acupressão na maternidade possa ser muito útil para o alívio da dor de cabeça, é importante primeiro obter o consentimento do seu médico. A razão é que alguns médicos aconselham a não realizar acupressão até que você tenha completado todas as fases da gravidez.

Você pode recorrer à acupuntura ou massagem pré-natal, ouvindo uma música suave e melodiosa, assistindo a um programa de televisão divertido ou participando em um passatempo relaxante.

6) Relaxe

Se a sua dor de cabeça for uma enxaqueca, descanse em um quarto silencioso e levante os pés por 15 minutos.

7) Beba bastante líquido

Se você tem uma dor de cabeça sinusal (dor atrás da testa, bochechas ou nariz), que são menos comuns, mas acontecem se uma infecção ou alergia causar uma inflamação que impede o muco de drenar para o nariz, tente inalação de vapor para aliviar o congestionamento e use um umidificador para umidificar o ar.

Você também pode aplicar compressas quentes e frias ao local dolorido, alternando 30 segundos de cada um por um total de 10 minutos, quatro vezes ao dia (use um saco congelado para uma compressa fria ou uma toalha úmida embebida em água morna). Beber bastante líquido, especialmente chá ou caldo quente de ervas, também fará com que o muco flua. E verifique com seu médico para ver se uma infecção sinusal pode estar causando suas dores de cabeça ou se há um descongestionante nasal seguro que você pode usar.

8) Aplique uma compressa fria

Se você tiver uma cefaleia tensional, então aplique uma compressa fria ou bolsa de gelo no pescoço.

9) Faça massagem

Fazer uma massagem nos seus ombros e pescoço é uma maneira eficaz de aliviar a dor.

10) Tire um cochilo

Tire um cochilo diário (para evitar a exaustão) e descanse em um quarto escuro e respire profundamente. Certifique-se de descansar o suficiente, pois é especialmente importante no primeiro e terceiro trimestres. Durma cerca de 8 a 10 horas por noite. Você também pode considerar ir para a cama uma hora mais cedo e ao seguir um horário regular de sono, você se sentirá mais energizado para realizar sua rotina diária.

11) Tome um banho quente

Tome um banho quente mas evite espaços quentes, abafados e odores fortes (você é mais sensível a eles do que nunca). Use o umidificador para aumentar a umidade do ar.

12) Troque a iluminação

Iluminação fluorescente e espaços de trabalho sem janelas podem desencadear dores de cabeça, então tome as medidas possíveis para controlar seu ambiente – ou pelo menos faça pausas com a maior frequência possível.

13) Procure paz e sossego

O barulho pode lhe causar dor de cabeça. Se você é extremamente sensível a ruídos altos, você pode fazer questão de evitar os piores centros (o shopping, festas barulhentas, restaurantes barulhentos). Se o seu trabalho for muito barulhento, fale com o seu chefe sobre tomar medidas para reduzir o excesso de ruído – ou mesmo peça uma transferência para uma área mais silenciosa, se possível.

Você também pode reduzir a probabilidade de enxaqueca, evitando gatilhos que incluem:

  • Chocolate
  • Álcool
  • Iogurte
  • Queijo envelhecido
  • Amendoim
  • Pães com fermento fresco
  • Carnes Conservadas
  • Sorvete
  • Nata.

Quando devo estar preocupada?

Quando a dor de cabeça é forte ou simplesmente não desaparece; quando você tem tontura; vômitos, visão embaçada ou alterações no seu campo de visão. Se elas são persistentes ou fortes e acontecem após 20 semanas de gravidez, informe o seu médico. Embora os derrames durante a gravidez sejam raros, as enxaquecas podem aumentar o risco. Se você tem enxaquecas, conte.

Remédios naturais:

1) Espinafre

Não se esqueça de incluir magnésio na sua dieta durante a gravidez. 1 xícara de espinafre contém 157 miligramas de magnésio e para todas as mulheres grávidas, é aconselhável consumir 400 miligramas de magnésio por dia. Existem várias formas “SEGURAS” de comer espinafre para satisfazer as necessidades diárias de magnésio. Também ajuda a regular a pressão arterial, ajudando numa possível pré-eclâmpsia, prevenindo uma dor de cabeça na gravidez. Um suco detox com o espinafre é uma pedida. Bata algumas folhas do espinafre com água de coco e acrescente uma fruta doce para substituir o açúcar.

2) Aromaterapia

A aromaterapia é uma das alternativas mais fascinantes para a medicina que envolve o uso de materiais vegetais voláteis, também conhecidos como óleos essenciais que são aromaticamente inalados. É frequentemente usada para melhorar o humor, alterar os estados cognitivos e pode até mesmo ser utilizado como uma alternativa aos analgésicos convencionais para dores de cabeça. O óleo de hortelã-pimenta cria fortes efeitos de resfriamento na pele e reduz a tensão nas células da pele. Se você massageia a testa e as têmporas com óleo essencial de hortelã-pimenta, isso ajudará a reduzir a enxaqueca rapidamente. É simples, basta tomar 10 gotas de óleo de hortelã na palma da sua mão. Esfregue as palmas das mãos por 20 segundos e aplique suavemente em sua testa e nas têmporas. Massageie sua testa por 3-5 minutos. Faça isso antes de ir para a cama para que o óleo de hortelã-pimenta possa agir durante a noite.

3) Suco de limão

Os benefícios do suco de limão quando se está grávida são numerosos. Junto com a cura da dor de cabeça da enxaqueca também irá reduzir cólicas estomacais, melhorar o seu sistema imunológico, melhorar a circulação sanguínea, e funciona como antioxidante e elimina a toxina do corpo através de suor e urina. Água com limão ajuda muito.

4) Vitamina B2

Coma bananas, torradas, nozes ou o chocolate amargo para ajudar a obter um aumento significativo dessa vitamina.

Quando poderei ter alívio das dores de cabeça após o parto?

Se o estresse, a fadiga, o aumento de hormônios ou a congestão for a principal causa das dores de cabeça, você sentirá alívio rápido após o parto.

Os remédios naturais listados acima para dor de cabeça durante a gravidez são “seguros” e você pode escolher qualquer um de sua escolha. Tente tudo, se possível, e deixe-nos saber qual funcionou melhor para você nos comentários abaixo. Compartilhe sua experiência conosco.




CONFIRA TAMBÉM:
Chá para Dor nos Ossos (me curou)

Como ganhar dinheiro com estética e depilação

Crie um negócio com Panetones Trufados e ganhe R$ 2.500,00.

Comentar

17 − dezessete =

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.