Dentistas revelam que o mercúrio presente nas obturações faz mal á saúde



Metal nocivo ao corpo é liberado durante procedimento dentário.

A obturação, procedimento muito comum feito em consultórios dentários, utiliza aproximadamente 50% de mercúrio, metal que, ao longo do tempo, pode trazer riscos à saúde.

O perigo na utilização do material tóxico vem sendo motivo de debates entre especialistas no mundo todo, com medidas de redução e até mesmo proibição do uso do mercúrio.

Redução de mercúrio em obturações

O Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA) realizou uma convenção global no objetivo de reduzir gradualmente o uso do mercúrio dental. 

Alguns países da União Europeia já aderiram ao programa de diminuição do mercúrio e o primeiro passo foi proibir obturações em grupos de risco, como mulheres grávidas ou em amamentação e crianças menores de 15 anos.

A meta é acabar com uso do mercúrio em obturações nos países europeus até 2030.

Enquanto alguns países como Dinamarca, Itália, Holanda e Japão já estão proibindo o uso de mercúrio, procedimentos feitos no mundo inteiro ainda utilizam o metal pesado em cerca de 45% das restaurações dentárias.

Obturação libera vapor tóxico para a boca

 liberação do vapor de mercúrio continua após o preenchimento ser feito com o metal prateado.

A intensidade e quantidade liberadas podem acontecer por alguns motivos: quantidade de procedimentos feitos na boca, ao mastigar e triturar alimentos e também no consumo de bebidas quentes. 


O mercúrio também pode ser liberado ao colocar, remover e substituir as obturações.

Segundo pesquisadores científicos, os preenchimentos à base de mercúrio foram associados à algumas doenças como Mal de Alzheimer, resistência à antibióticos, doença renais, crises de ansiedade, esclerose múltipla, infertilidade, distúrbios do autismo e distúrbios da imunodeficiência, problemas cardiovasculares, entre outros problemas de saúde. 

Medidas de segurança

A retirada das obturações já está sendo feita em muitos consultórios, seja por desgaste do bloco ou por questões estéticas.

Alguns pacientes já pedem aos dentistas a retirada ou substituição da obturação devido à presença de mercúrio.

Vale lembrar que o processo de perfuração feito durante a obturação libera quantidades significativas do vapor tóxico, além de pequenas partículas que podem ser absorvidas pelos pulmões, se tornando muito prejudicial à saúde.

Para evitar exposição ao mercúrio, algumas medidas preventivas podem ajudar a reduzir efeitos à saúde da boca durante os procedimentos dentários.

O mais importante é que pacientes saibam quais medidas de segurança devem pedir ao dentista na hora de realizar o procedimento.



Loading...

Comentar

dezoito + 11 =

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.