12 causas mais comuns de tontura



Tontura é o terceiro sintoma mais citado em consultas médicas no Brasil, fica atrás somente de dor e febre.

A seguir você poderá conferir as 12 causas mais comuns de tontura dentre as quais estão algumas doenças graves que demandam início urgente de tratamento.

Os médicos estimam que praticamente todo mundo terá a sensação de ver tudo girando, sensação de que pode cair ou falta de equilíbrio pelo menos uma vez na vida.

Porém, não é por se tratar de uma condição comum que não exige atenção de quem a sente.

Qualquer sintoma que não tenha uma explicação lógica ou que se mostre frequente é motivo para procurar um médico.

Confira a lista de possíveis causas para a tontura e evite desenvolver quadros mais graves.

Conheça as causas mais comuns de tontura

 

1 – Crises de enxaqueca

Durante uma crise de enxaqueca é normal sentir tontura assim como outros sintomas nada agradáveis que incluem náuseas, vômitos e sinais visuais que recebem o nome de aura.

2 – Hipoglicemia

Essa condição se caracteriza pela redução dos níveis glicêmicos e não é exclusividade dos diabéticos.

Até quem não sofre de problemas metabólicos como o diabetes pode ter em algum momento a sensação de tontura acompanhada de formigamento, confusão e até mesmo desmaio.

É importante ingerir alguma fonte de açúcar rapidamente, consulte seu médico.

3 – Esclerose múltipla

Uma doença autoimune e de caráter inflamatório que afeta o sistema nervoso central e que por sua gravidade precisa de acompanhamento médico constante.

Outros sintomas que acompanham a tontura são fraqueza, dor nos olhos, vertigem, sensação de formigamento e falta de equilíbrio.

4 – Hipotensão ortostática

Trata-se de uma doença neurológica considerada grave, nesse caso a tontura surge logo após se levantar logo desaparecendo.

Os indivíduos que sofrem com esse mal definem como uma queda de pressão sanguínea.

Uma condição que é mais comum em indivíduos mais velhos.

5 – Desidratação

Quando o organismo está com deficiência de água pode manifestar sintomas como boca seca, prisão de ventre, dor de cabeça e tontura.

Beber pelo menos 2 litros de água por dia é essencial para que seu corpo se mantenha em pleno funcionamento.


6 – Doença de Parkinson

Uma doença degenerativa que causa danos gravíssimos as células nervosas, a tontura é um dos sintomas juntamente a rigidez dos músculos, sensação de perda de equilíbrio e tremores.

7 – Problemas no sistema vestibular

Quando ocorre alguma alteração no labirinto (região que fica no ouvido interno e que tem como responsabilidade a audição e equilíbrio) é natural que o indivíduo tenha tonturas e sensação de que não consegue se equilibrar.

As causas mais comuns dessa mudança no sistema vestibular incluem Labirintite e infecções no ouvido.

8 – Acidente Vascular Cerebral (AVC)

Os indivíduos que estão sofrendo um AVC podem apresentar juntamente com a tontura sintomas como sangramento nas narinas, dores de cabeça e sensação de cansaço extrema.

Nesses casos é fundamental levar a pessoa para atendimento médico de emergência.

9 – Anemia

Mais uma doença grave que é uma das causas mais comuns de tontura, indivíduos anêmicos podem apresentar outros sintomas em conjunto como perda de memória, dificuldades de concentração, unhas enfraquecidas e queda de cabelo.

É fundamental que a anemia seja detectada com rapidez para que possa ser tratada evitando consequências bastante sérias.

10 – Problemas de visão

Quem tem tontura constante aliada a dificuldade de enxergar em algumas situações específicas deve procurar um oftalmologista, pois provavelmente precisa de um óculos de grau.

Dentre os problemas possíveis estão: miopia, astigmatismo e fadiga ocular.

11 – Doença de Ménière

Uma doença que é causada excesso de líquido no Labirinto e que pode ter como sintomas associados à tontura a perda da audição e zumbidos no ouvido.

Algo importante de mencionar é que essa doença pode causar tonturas que duram minutos ou até horas.

12 – Crises do pânico ou de ansiedade

Pessoas que sofrem desses quadros podem apresentar a chamada hiperventilação que consiste em expirar mais do que inspirar acarretando na queda da quantidade de gás carbônico que estreita os vasos sanguíneos que não conseguem levar o sangue necessário para o cérebro, isso cria a tontura.



Loading...

Comentar

dezenove + catorze =

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.